4 mitos sobre estudar para concursos públicos

Quem decide investir nos concursos precisa ter muita disciplina para encarar um tempo indeterminado de estudo, afinal, até a aprovação podem se passar meses ou até anos. Muita gente se sente desmotivada para começar essa jornada por acreditar que é impossível, que consome sua vida toda, dentre muitas outras inverdades. Preparamos uma lista com os quatro maiores mitos sobre estudar para concursos públicos e explicamos o porquê de serem todos falsos! Confira:

Preciso dividir meu tempo igualmente entre as matérias do edital

Um erro bastante comum entre os concurseiros é dividir igualmente o seu tempo de estudo entre cada matéria. Essa certamente não é a melhor técnica, por dois motivos: primeiramente, por que cada disciplina tem um peso diferente dentro de uma prova; em segundo lugar, cada pessoa tem mais facilidade em determinadas matérias do que em outras.

Por isso, na hora de dividir o seu tempo de estudo é importante levar esses fatores em consideração. Comece verificando no edital quais matérias têm um maior peso na prova e dê prioridade a elas, já que um erro em um dessas questões pode custar pontos valiosos na sua classificação. Depois, veja em quais dessas matérias você tem mais dificuldade: é nessas que deve haver um foco ainda maior, já que pouco adianta investir muito tempo em um assunto que você já domina.

É necessário estudar por muitas horas seguidas

A imagem clássica do concurseiro é alguém sentado por horas a fio estudando. Esse é outro mito bastante comum: só passa quem estuda por muitas horas seguidas. É claro que quem pretende passar no concurso precisa estudar bastante, mas isso não significa que o tempo de estudo precisa ser ininterrupto — na verdade, isso pode até mesmo prejudicar o aprendizado.

Isso porque o nosso cérebro só consegue manter a concentração e reter informações novas durante um certo período de tempo. Se você insistir após ter passado desse limite, o aprendizado estará prejudicado, pois seu cérebro não terá a capacidade de reter a matéria estudada, ou seja, você terá estudado à toa.

Por esse motivo, é importante fazer pausas curtas a cada de 30 minutos. Se você consegue ficar concentrado por mais tempo que isso, melhor ainda. Aproveite para aumentar o período entre as pausas de acordo com a sua capacidade de concentração, mas nunca deixe de fazer intervalos!

Tenho que abrir mão da minha vida social para passar

Esse mito está diretamente ligado com o anterior: se uma pessoa precisa de enormes quantidades de estudo, não dá tempo de ter uma vida social, certo? Erradíssimo! É claro que alguns sacrifícios serão necessários e você terá que aprender a conciliar o lazer com os estudos — afinal, não dá pra largar os livros para ir em todas as festas e encontros do pessoal.

Como para tudo na vida, o segredo é o equilíbrio: separe algumas horas da semana para encontrar seus amigos e dê preferência a programas mais tranquilos (sair para a balada pode te fazer perder uma noite inteira de estudos, além de atrapalhar o dia seguinte pelo cansaço e a ressaca). Desse jeito, é fácil conciliar a vida social com os estudos sem que nenhum dos dois saia prejudicado.

Preciso deixar meu emprego para estudar

Bobagem! Com bastante disciplina, é possível criar um cronograma de estudos compatível com os horários do trabalho e atingir a aprovação. O segredo é otimizar seu período de estudo e não perder tempo com outras distrações, já que, para quem trabalha e estuda, o tempo é mais escasso. Além disso, é preciso ter em mente que abandonar o emprego pode criar um excesso de expectativa não só no concurseiro, mas também na família e pessoas próximas, o que resulta em uma cobrança ainda maior (ainda que involuntária).

É claro que essa escolha deve ser pessoal: se você sente que é impossível trabalhar e depois ainda gastar todo o seu tempo livre com os estudos, não há qualquer problema em pedir demissão. O que não podemos achar é que é absolutamente impossível compatibilizar o estudo com o trabalho!

Agora que você já sabe que estudar pra concurso não é um bicho de sete cabeças, que tal curtir nossa página no Facebook e ficar por dentro das dicas para otimizar seus estudos?

Copyright © 2019 - Alessandro Marques | Treinamentos de Alto Desempenho Brasília-DF

5 1 vote
Article Rating